Gestão de banca: qual a melhor estratégia?

Atualizado em 10 Agosto, 2020

É uma das questões mais colocadas por apostadores, tanto principiantes como experientes. Todo mundo pensa que a gestão de banca é algum segredo que só os melhores conhecem mas a resposta pode ser bem simples.

Existe muita confusão nesse tema e a resposta é muito simples. Já falamos nisso várias vezes mas tem sempre gente que acha que o sucesso depende de estratégias super complexas.

Recolhemos dados de apostas de cerca de um ano e compilamos os dados para demonstrar através de um gráfico quais as melhores estratégias de gestão de banca para ganhar com apostas.

Gestão de banca: Tipos de estratégias

São 5 as estratégias mais utilizadas para gerir a banca:

A – All in

B – Martingale

C – Stake fixa

D – Stake proporcional

E – Fibonacci

Vamos primeiro explicar resumidamente como funciona cada estratégia

All in

O método all in é muito simples, consiste em apostar a totalidade disponivel em cada aposta.

Alguns apostadores confundem este método com stake fixa ou proporcional mas este método tem um risco elevado. Atrai algumas pessoas pela possibilidade de ganhos elevados mas em nossa opinião só fomenta a impulsividade e consequentemente as perdas.

Martingale

O método Martingale consiste em duplicar a stake de cada vez que se perde uma aposta. É muito comum entre pessoas que gostam de jogar na roleta e há bastante quem o use nas apostas desportivas.

Neste caso o apostador começa com uma stake de por exemplo 2€ e se perder, na proxima aposta, 4€, 8€, 16€ e por aí adiante.

Alguns apostadores pensam nisto como o método do “nunca perdes” mas quando aparece uma streak de derrotas os prejuizos depressam se tornam enormes e os apostadores aprendem a lição.

Stake fixa

Este método implica decidir um valor adequado ao bolso de cada um, e apostar sempre esse valor, independentemente do resultado.

Não é de todo má ideia e nalguns casos até pode ser uma excelente ideia mas não é o melhor método uma vez que quando a banca aumenta, os ganhos crescem mais lentamente se a stake não for adaptada.

Stake proporcional

Em nossa opinião, o melhor método de forma geral. Consiste em apostar uma percentagem do saldo disponivel, tipicamente 5% da banca.

Fibonacci

Este método é similar ao metodo Martingale mas em vez de duplicar a stake a cada aposta perdida, o aumento nas apostas perdidas segue o padrão de fibonacci, ou seja, somando as duas stakes anteriores, por exemplo, 1,1,2,3,5,etc…

Esta variante permite fazer a banca durar mais em caso de streaks negativas em comparação com Martingale e alguns apostadores juram a pés juntos que o método funciona muito bem mas os nossos numeros mostram uma história diferente.

Qual o melhor método de gestão de banca?

Sempre aconselhamos uma abordagem proporcional à banca (5%) mas como esta abordagem gera sempre olhares suspeitos por ser tão simples, decidimos compilar os resultados das nossas ultimas 575 apostas (cerca de um ano) e inseri-las num simulador, testando assim as 5 variantes mais comuns.

Os resultados podem ser vistos no seguinte gráfico:

Como podemos ver, stake fixa e stake proporcional são os unicos métodos lucrativos a longo prazo, no entanto, como é expectavel, a partir de certo ponto a stake fixa começa a perder terreno.

Portanto, mais uma vez deixamos a nossa opinião, desta vez comprovada pelos números: usar uma stake proporcional à banca disponivel é a melhor abordagem.

Como é obvio, gestão de banca é apenas um dos skills necessários para ganhar com apostas, existem outros fatores de sucesso nas apostas para obter ganhos consistentes mas é preferivel assimilar um conceito de cada vez.

Boas apostas!